Projetos de Pesquisa

Da parceria entre o NACA e o Curso de Psicologia do Centro de Ciências da Vida e da Saúde da Universidade Católica de Pelotas o projeto de pesquisa “Características das vitimas, dos agressores e do contexto da violência conforme registros de um serviço de Atenção à Criança e ao Adolescente”, objetiva Identificar as características das crianças e adolescentes, atendidos no NACA, bem como de seus agressores e definir o contexto da violência. Trata-se de um estudo ecológico, descritivo de base documental e está sendo realizada no acervo dos prontuários, para uma análise contextual dos dados registrados nas fichas de acolhimento inicial do Serviço, referentes ao período de dezembro de 2012 à dezembro de 2014. A autoria do projeto é da acadêmica do curso de psicologia Carmen Regina Pinto Miranda, sob a orientação da Profª. Drª. Vera Lucia Marques de Figueiredo.

Projeto de Pesquisa Integrado

Juntamente com a Faculdade de Educação da Universidade Federal de Pelotas, o IFSul Pelotas, o Núcleo de Atenção à Criança e ao Adolescente – NACA, associa-se  a Universidade Federal do Rio Grande do Sul Faculdade de Educação Programa de Pós-Graduação em Educação LP: Educação, Sexualidade e Relações de Gênero no desenvolvimento da pesquisa “Violências de gênero, amor romântico e famílias: entre idealizações e invisibilidade, os maus tratos emocionais e a morte” cujo objetivo é Discutir e mapear o problema dos maus tratos emocionais contra mulheres e crianças, estabelecendo parcerias com municípios, universidades, serviços de saúde e de assistência, Delegacias da Mulher em 15 municípios do Rio Grande do Sul (entre eles Pelotas) e em 3 cidades da Espanha (Cáceres, Sevilla, Málaga).

A pesquisa de caráter qualitativo, que já foi aprovada pelo COMPESQ (Comissão de Pesquisa da FACED/UFRGS), aponta dados importantes para compreender determinadas condutas no âmbito das relações afetivas/conjugais, em especial as conexões entre idealização do amor romântico e o problema da violência doméstica, em especial os maus tratos emocionais. Também se utilizará metodologia quantitativa na aplicação do questionário, uma vez que a amostra será bem ampla, envolvendo a participação de instituições localizadas em quinze cidades do RS e três cidades da Espanha.  A coordenação da pesquisa é das professoras Drª Jane Felipe de Souza – PPGEDU/FACED/UFRGS- Brasil e Drª Carmen Galet Macedo – Universidad de Extremadura (UEX) – Espanha.

Esta entrada foi publicada em Projetos. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *